foto1
foto1
foto1
foto1
foto1
Bem-Vindo à Faculdade de Agronomia!


As atividades do laboratório de pós-colheita concentram-se em pesquisas com o objetivo da manutenção da qualidade e no prolongamento da vida pós-colheita de produtos hortícolas (flores, frutas e espécies olerícolas). Neste sentido, há experimentação com tratamentos alternativos (físicos, químicos e biológicos) para controle de podridões pós-colheita. Entre as várias alternativas em avaliação há tratamentos de calor por imersão ou aspersão de água quente (tratamentos físicos), aplicação de sais diversos (carbonatos de sódio e potássio, entre outros) ou sanitizantes como o dióxido de cloro e aplicação de organismos antagonistas como o Bacillus subtilis.

Outra linha de atuação do laboratório de pós-colheita dedica-se ao estudo do efeito de danos mecânicos no metabolismo e nas alterações morfológicas de tecidos mais internos ou da epiderme de frutos. Com uso de uma esfera instrumentada desenvolvida em parceria do laboratório de pós-colheita com o laboratório de eletro-eletrônica da Faculdade de Engenharia da UFRGS está sendo possível determinar as forças que impactam frutos nos processos de manuseio após a colheita.

O laboratório de pós-colheita está equipado para determinações de variáveis de maturação e de qualidade de produtos hortícolas tanto em métodos destrutivos como não destrutivos. As seguintes análises são executadas rotineiramente no laboratório de pós-colheita:

- Cor de cobertura e cor de tecidos internos por aparelho medidor de cores Konica/Minolta, modelo CR 400;

- Firmeza de polpa por penetrômetro digital de bancada;

- Açúcares totais por espectrofotometria UV/vis pelo método fenol-sulfúrico;

- Graus Brix por refratômetro de bancada;

- Acidez total titulável por titulometria de neutralização até pH 8,1 com uso de potenciômetro digital;

- Teores de ácido ascórbico e carotenóides por espectrofotometria de UV/vis;

- Atividade respiratória por determinação da concentração de dióxido de carbono no espaço livre com uso de cromatógrafo a gás equipado com detector de condutividade térmica;

- Determinação da produção de etileno por determinação da concentração de etileno no espaço livre com uso de cromatógrafo a gás equipado com detector de fotoionização.

 Activities

The activities of the postharvest laboratory are focused on quality maintenance and lengthening of shelf life of fresh produce (flowers, fruits and vegetables). Particularly, experiments are conducted for the evaluation of alternative treatments as controls for postharvest decay incidence. Amongst an assortment of alternatives, physical treatments (drenching and immersion in hot water) are being evaluated as well as immersion in solutions containing sanitizers (chloride dioxide) and sodium and potassium salts (carbonates and bicarbonates) as well as antagonists (Bacillus subtillis).

A further research interest of the group at the postharvest laboratory is dedicated to studies of the effects of mechanical damages on the metabolism and on morphological changes of internal and epidermal fruit tissues. With use of an instrumented sphere developed in a joint effort of the postharvest laboratory and the laboratory of electro-electronics of the School of Engineering/Ufrgs the determination of impacting and compression forces has become feasible.

The postharvest laboratory is equipped to determine ripening and quality variables of fresh produce either through destructive or non destructive methods. The following analyses are routinely performed at the laboratory:

- Surface and internal tissue color via a Konica/Minolta colormeter, model CR400

- Flesh firmness via digital desk penetrometer,

- Total sugars via spectrophotometer UV/vis by means of the phenol sulfuric acid method.

- Brix by use of table refractometer;

- Titratable acidity by means of titration up to pH 8,1;

- Ascorbic acid contents via spectrophotometer UV/vis;

- Respiration rates via determination of carbon dioxide or oxygen concentrations with a gas chromatograph equipped with a thermal conductivity detector.

- Ethylene production rates via determination of concentrations of ethylene with a gas chromatograph equipped with photoionization detector.

 

 

 

Copyright © 2019 Copyright Faculdade de Agronomia - UFRGS Rights Reserved.