foto1
foto1
foto1
foto1
foto1
Bem-Vindo à Faculdade de Agronomia!


Multilíngues

PortugueseSpanishEnglish

Agenda

Agenda PPG Fitotecnia

Fagro Tube

Guia Telefônico

Guia Telefônico

Repositório Digital

Repositório Digital

Apoio

CAPESCNPqFAPERGS

Contador de Visitas

HojeHoje20
OntemOntem53
Esta semanaEsta semana563
Este mêsEste mês1381
TotalTotal77718

BRASIL  ESPAÑOL  ENGLISH

DISCIPLINAS

Relação de disciplinas oferecidas regularmente no PPG Fitotecnia, com número de créditos, semestre oferecido, carga horária, súmula e Professores responsáveis.

FIT 00001 – SEMINÁRIO

(1 crédito, I e II semestre, 15h)

Apresentação e discussão de tópicos relacionados com pesquisas nas opções/ênfases de Fitotecnia e afins. Ministrada nas quatro áreas/sete ênfases.

FIT 00002 – PESQUISA ORIENTADA

(2 créditos, I e II semestre, 30h)

Atividades de pesquisa de caráter amplo coordenada pelo Professor Orientador. Execução de trabalho científico, treinamento em técnicas experimentais. Atualização bibliográfica e redação de textos científicos. Exclusivamente para alunos de Mestrado. Responsável: Professores Orientadores do PPG Fitotecnia.

FIT 00003 – TÓPICOS ESPECIAIS EM FITOTECNIA

(2 créditos, I e/ou II semestre, 30h)

Apresentação e discussão de assuntos de interesse relevantes e específicos relacionados com as opções/ênfases de Fitotecnia, que não são oferecidas pelo Programa. Os tópicos serão oferecidos por iniciativa dos professores responsáveis e/ou por parte dos estudantes. Os conteúdos a serem oferecidos serão aprovados em instância competente e divulgados no semestre precedente aquele que serão ministrados. Abordagens práticas de alguns assuntos poderão também ser incluídos no programa.

FIT 00004 – ESTÁGIO ORIENTADO DE DOCÊNCIA

(1 crédito, I e II semestre, 15h)

As atividades deverão ser desenvolvidas em disciplinas de graduação preferentemente da opção/ênfase do mestrando ou doutorando preparando, planejando e/ou ministrando assunto(s) do conteúdo programático da disciplina de graduação, em conjunto com o Professor Responsável/Regente da disciplina. A avaliação do pós-graduando é de responsabilidade do Orientador e será realizada em conjunto com o Responsável/Regente da disciplina.

FIT 00005 - DELINEAMENTOS EXPERIMENTAIS DE CAMPO

( 2 créditos, II Semestre, 30h)

Planejamento de experimentos e controle do erro experimental. Análise de covariância. Experimento em blocos casualizados completos e incompletos. Experimentos em parcela subdividida. Análise de medidas repetidas. Confundimento. Análise conjunta de experimentos. Metodologia de superfície de resposta. Responsável: Prof. Lauri Lourenço Radünz.

FIT 00006 – ANÁLISE ESTATÍSTICA  

(3 créditos, I Semestre, 45h)

População e amostra. Estatística descritiva. Intervalo de confiança. Testes de hipótese.  Análise de dados de uma e duas amostras. Teste de proporção. Planejamento de experimentos e controle do erro experimental. Delineamentos experimentais e seus arranjos. Estatística paramétrica e não-paramétrica. Análise de variância. Testes de comparação múltipla de médias. Análises de Regressão. Contrastes ortogonais. Análise de covariância. Noções de análise bivariada e multivariada. 

FIT 00011 – ECOLOGIA DAS PLANTAS CULTIVADAS

(4 créditos, II semestre, 60h)

Radiação. Fotossíntese: Componentes e rotas fotossintéticas. Respostas à luz, temperatura, déficit hídrico e concentração de CO2. Rotas fotossintéticas e a discriminação do 13C. Ecofisiologia comparativa das plantas C3 e C4. Produção de água e nutrição mineral. Teoria quimiosmótica do potencial hídrico. Sistema solo-planta-atmosfera. Resistência ao fluxo da água. Respostas das plantas à escassez de água. Respostas à seca fisiológica. 13C  e a eficiência do uso da água pelas plantas. Efeitos antropogênicos na fotossíntese. Modelagem do crescimento e desenvolvimento vegetal.

FIT 00015 – SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO À AGROMETEOROLOGIA

(4 créditos, II semestre, 60h)

Princípios físicos em sensoriamento remoto (características da radiação solar e interação com a atmosfera terrestre). Interação da radiação solar com a superfície terrestre (comportamento espectral de alvos). Índices de vegetação. Aquisição de dados espectrais (sensores de aquisição de dados e sensores de imagens). Satélite meteorológico NOAA  (descrição, características e fundamentos do uso do software “ERDAS Image”). Uso de sistemas remotos em agrometeorologia (estimativa de elementos agrometeorológicos, monitoramento  de culturas e estimativa de parâmetros de crescimento e de rendimento).

FIT 00017 – METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA                                                               

(4 créditos,  60h)

Estudo dos principais elementos climáticos de interesse em áreas aplicadas, tais como: Agronomia, Ecologia, Biologia, Sensoriamento Remoto, Hidrologia e outras. Descrição de fenômenos atmosféricos e sua medição: características da radiação solar e sua interação com as superfícies, balanço de radiação e balanço de energia na superfície; fluxo de calor e temperatura do ar e do solo; umidade do ar; condensação e precipitação; vento; evaporação e evapotranspiração; balanço hídrico climático. Noções de dinâmica da atmosfera. El Nino. Oscilação Sul. Climatologia e tendências de mudanças no clima do Rio Grande do Sul.

FIT 00031 – RESISTÊNCIA DE PLANTAS A MOLÉSTIAS           

(3 créditos, I semestre, 45h)

Ênfase é dada à história, fontes, herança e durabilidade da resistência das plantas, além de examinar estratégias de seu uso no manejo de doenças. Os efeitos de vários hospedeiros, patógenos e variáveis do ambiente na expressão da resistência são examinados. Sistemas de avaliação e tratamento dos dados também são discutidos. Ênfase é também dada na síntese da informação necessária para desenvolver programas que necessitam da resistência para controlar doenças. As aulas consistirão de apresentações e discussões de temas relevantes de assuntos da área. Através do semestre, os alunos terão a oportunidade de discutir um número amplo de sistemas patógeno-hospedeiro, ao mesmo tempo em que conduzem um estudo aprofundado de uma interação patógeno-hospedeiro específica, sempre mantendo o foco na exploração dessas resistências em programas de melhoramento genético. Espera-se que os estudantes leiam e criticamente avaliem a literatura científica e participem da discussão dos assuntos.

FIT 00032 – FUNGOS FITOPATOGÊNICOS

(4 créditos, II semestre, 60h)

Características gerais dos fungos. Importância econômica. Estrutura e composição da parede celular e organização do talo. Diferenciação das células reprodutivas. Fisiologia e nutrição. Ciclos de vida e fases nucleares (plasmogamia, cariogamia, meiose, ciclos sexual e parasexual). Parasitismo de plantas. Mecanismos de ataque dos fungos e de defesa das plantas. Características morfológicas, fisiológicas, genéticas e epidemiológicas dos principais gêneros de fungos fitopatogênicos.

FIT 00035 – FITOBACTERIOLOGIA

(4 créditos, I semestre, 60h)

Principais aspectos históricos e suas influências no desenvolvimento da fitobacteriologia. Taxonomia: classificação, nomenclatura e identificação de procariotos. Principais grupos de doenças bacterianas. Ciclos das relações procarioto-hospedeiro. Mecanismos de patogênese e de resistência. Utilização de métodos básicos para trabalhos de pesquisa com bactérias fitopatogênicas.

FIT 00036 – PRINCÍPIOS E MÉTODOS EM FITOPATOLOGIA

(3 créditos, II semestre, 45h)

Métodos laboratoriais e experimentais em Micologia, Bacteriologia, Nematologia, Virologia, Fitoplasmas e Patologia de sementes.

FIT 00039 – ANATOMIA EXTERNA DE INSETOS                                                               

(3 créditos, I semestre, 45h)

A disciplina visa discutir temas relacionados à Evolução de Insecta, Taxonomia e Filogenia e a importância destas na entomologia agrícola; Estudo de características e identificação de insetos imaturos; anatomia externa de insetos adultos, tagmas (cabeça, tórax, abdome) e apêndices, com foco para estrutura e função; técnicas básicas de desenho e fotografia científica; recursos para caracterização morfológica de insetos; uso de chaves dicotômicas e identificação de insetos; noções básicas de curadoria de insetos.

FIT 00043 – ECOLOGIA DE INSETOS

(3 créditos, I semestre, 45h)

Ecologia de populações. Fatores bióticos e abióticos. Crescimento e dinâmica populacional. Tabela de vida e estrutura etária. Herbivoria. Parasitismo. Ecologia de comunidades. Riqueza análise e descrição. Diversidade métodos e ferramentas para análise. Amostragem. Fornecer subsídios teóricos ecológicos para aplicação no manejo integrado de insetos em agroecossistemas.

FIT 00044 – COMPORTAMENTO DE INSETOS 

(4 créditos, II semestre, 60h)  

Estudo do comportamento dos insetos. A disciplina tem como objetivo possibilitar a compreensão dos fenômenos relacionados à etologia na Classe Insecta; seus métodos de investigação e aplicação, abrangendo tópicos, tais como: organização do comportamento, mecanismos de orientação, comunicação; estratégias de defesa, comportamentos de territorialidade, alimentar, reprodutivo e social.

FIT 00047 – INTRODUÇÃO À ACAROLOGIA AGRÍCOLA                              

(4 créditos, II semestre, 60h)    

Introdução ao estudo dos principais grupos de ácaros de  importância agrícola, com enfoque na diagnose, fisiologia, características bioecológicas gerais e técnicas de coleta, triagem e preparação de espécimes para estudo.

FIT 00048 - MANEJO DE PRAGAS DE GRÃOS ARMAZENADOS

(2 créditos, II semestre, 30h)

A disciplina visa fornecer subsídios para o reconhecimento e manejo de insetos, pássaros, ácaros, roedores e fungos que são pragas de produtos armazenados. As principais Micotoxinas encontradas em produtos armazenados. Legislação Nacional e Mundial sobre Micotoxinas. Métodos de extração e detecção de Micotoxinas.

FIT 00049 – SECAGEM E ARMAZENAMENTO DE GRÃOS 

(4 créditos, I semestre, 60h)

Características e comportamento dos grãos no pré-processamento e na conservação. Respiração dos grãos. Psicometria do ar. Umidade de equilíbrio dos grãos. Operações de pré-armazenamento (colheita, pré-limpeza, secagem, limpeza) de grãos. Qualidade de grãos armazenados. Equipamentos de transporte de grãos. Política de armazenamento. Dimensionamento de unidades armazenadoras e equipamentos. Sistemas de armazenamento e unidades armazenadoras. Aeração de grãos.

FIT 00051 – FRUTICULTURA DE CADUCIFÓLIAS I

(4 créditos, II semestre, 60h)                                                 

A disciplina proporciona aos alunos conhecimentos e formação sobre perspectivas econômico-sociais, classificação botânica, morfológica e fisiológica, propagação de plantas, instalação e manejo de pomares, colheita, beneficiamento e comercialização de frutos, com ênfase em uvas para vinho, suco e mesa; quivis; caquis; figos e amoras pretas.

FIT 00052 – OLERICULTURA

(3 créditos, II semestre, 45h)

A disciplina estuda os fatores relevantes que determinam a produção de hortaliças, com ênfase nos principais sistemas de produção comerciais. Discussão e análise dos mais recentes avanços tecnológicos empregados nos processos de produção de hortaliças.

FIT 00053 – FRUTICULTURA DE PERENIFÓLIAS I

(4 créditos, I semestre, 60h)

Proporcionar aos alunos conhecimentos e formação sobre perspectivas econômicas e sociais,classificação botânica, morfológica e fisiológica, propagação e produção de mudas, instalação e manejo de pomares, colheita, beneficiamento e comercialização de frutos, com ênfase em  citricultura e abacaticultura.

FIT 00054 – FRUTICULTURA DE PERENIFÓLIAS II

(4 créditos, I semestre, 60h)

Análise dos fatores que influem na produção de fruteiras de clima tropical, com ênfase nas seguintes culturas: abacaxizeiro, bananeira, mangueira, maracujazeiro, goiabeira e mamoeiro. Discussão dos trabalhos experimentais, com maior destaque para as pesquisas sobre ecofisiologia e viabilidade econômica das culturas no extremo sul do Brasil.

FIT 00055 – MELHORAMENTO GENÉTICO DE PLANTAS PERENES – frutífera, ornamentais, medicinais e florestais

(3 créditos, I semestre, 45h)

Recursos genéticos em plantas perenes, métodos de melhoramento genético para plantas perenes, poliembrionia e embrionia somática, autoincompatibldade, seleção precoce, marcadores genéticos, mapeamento genético, duplo melhoramento (copa + porta-enxerto).

FIT 00056 – FISIOLOGIA DE PÓS-COLHEITA

(2 créditos, I semestre, 30h)

A disciplina de fisiologia de pós-colheita objetiva o estudo do metabolismo pós-colheita de produtos frescos no que se refere às rotas de produção de energia para manutenção dos tecidos. Rotas metabólicas que levam à deterioração e desmantelamento de estruturas que mantêm a integridade dos tecidos após a colheita.

FIT 00057 – FRUTICULTURA DE CADUCIFÓLIAS II

(4 créditos, II semestre, 60h)

Características das plantas temperadas, dormência de gemas, relação ambiente/frutífera, aspectos ligados ao florescimento e frutificação, crescimento e maturação dos frutos, frigoconservação, regulação de crescimento, nutrição e manejo do solo, poda e condução, aspectos relevantes das culturas da ameixeira, macieira, pereira, pessegueiro, morangueiro, framboesa e amoreira.

FIT 00058 – SISTEMAS DE PROPAGAÇÃO DE PLANTAS E MANEJO DE VIVEIROS        (4 créditos, II semestre, 60h)

Conhecer as bases anatômicas, fisiológicas e bioquímicas que permitem a análise dos diferentes processos que intervêm na propagação de plantas. Analisar e discutir aspectos metodológicos e de manejo, que fazem possível a obtenção de plantas de qualidade.

FIT 00060 – SUBSTRATOS E LUZ NA PRODUÇÃO DE MUDAS                                                 

(3 créditos, II semestre, 45h)

Composição, caracterização e manejo de dois fatores de produção de mudas e plantas em recipientes: Substrato para plantas e luz, com embasamento para a experimentação científica.

FIT 00071 – ECOFISIOLOGIA DE PLANTAS DANINHAS

(3 créditos, II semestre, 45h)

Características gerais das plantas daninhas; modelos de evolução e estratégias de adaptação. Reprodução, dispersão, germinação e sobrevivência; biologia das sementes no solo; interferência entre plantas (negativa e positiva); manejo de plantas daninhas no agroecossistema.

FIT 00072 – MODO DE AÇÃO DOS HERBICIDAS

(3 créditos, I semestre, 45h)

Classificações dos herbicidas; modo de ação nas plantas; efeitos sobre processos bioquímicos nos vegetais; efeitos de interação de produtos; comportamento no solo; principais grupos químicos.

FIT 00073 – RESISTÊNCIA DE PLANTAS AOS HERBICIDAS

(3 créditos, II semestre, 45h)

Histórico da resistência de plantas daninhas aos herbicidas. Fundamentos da microevolução como introdução ao entendimento da resistência de plantas aos herbicidas. Mecanismos moleculares da resistência de plantas daninhas e cultivadas resistentes aos herbicidas. Detalhamento dos casos de resistência de acordo com o mecanismo de ação dos herbicidas: a) Resistência maternal (aos herbicidas que interrompem o fluxo de elétrons no fotossistema II); b) Resistência nuclear (aos herbicidas inibidores de ALS, ACCase, FSI, EPSPs, tubulina, de caroteno, PROTOX). Resistência múltipla e resistência cruzada. Crescimento e pleiotropia associados à resistência aos herbicidas. Manejo da resistência de ervas aos herbicidas.

FIT 00075 – PRODUTIVIDADE POTENCIAL DOS CULTIVOS

(3 créditos, I semestre, 45h)

Discussão dos processos fisiológicos determinantes da produtividade dos cultivos que sofrem forte ação do ambiente.  É dada ênfase aos processos primários, incluindo o transporte intercelular, a produção de energia, o metabolismo de carbono e nitrogênio e sua inter-relação. Os mecanismos de regulação das rotas principais são apresentados. A interdependência dos órgãos relacionada à capacidade de fonte e demanda é tratada, bem como o efeito de fatores ambientes e suas interações. Avanços na identificação de genes associados a aumento de rendimento são discutidos.

FIT 00076 – ESTRESSES ABIÓTICOS EM PLANTAS

(3 créditos, II semestre, 45h)

Os principais estresses abióticos que as plantas estão sujeitas são discutidos, considerando seus efeitos primários e secundários. Sede ou calor: o dilema da deficiência hídrica. Com água, mas sem oxigênio: o problema do excesso hídrico. Estresse por temperatura: congelamento, baixa e alta temperatura. Estresses nutricionais: deficiência de fósforo, nitrogênio e ferro. Solos extremos: toxidez por alumínio, ferro e metais pesados. Estresse salino (NaCl). Estresses oxidativo e nitrosativo.

FIT 00081 – MELHORAMENTO FITOGENÉTICO B

(3 créditos, II semestre, 45h)

Formação, manutenção e uso da variabilidade genética. Implicações dos sistemas de reprodução no desenvolvimento de cultivares. Heterose e desenvolvimento de híbridos. Herdabilidade e ganho genético. Métodos de seleção. Genética de resistência de plantas a moléstias. Processos relacionados ao melhoramento de plantas.

FIT 00082 – EVOLUÇÃO DE PLANTAS CULTIVADAS

(2 créditos, II semestre, 30h)

Tempo geológico. Origem da vida. Diversidade genética. A origem e o impacto do pensamento evolutivo. Forças evolutivas: mutação, recombinação, migração, seleção e deriva genética. Mecanismos de especiação. Princípios básicos do mecanismo evolutivo das principais espécies cultivadas: poliploidia, mutação gênica, mutação cromossômica, isolamento geográfico.   Interrelação cultura – erva daninha - espécie silvestre. Domesticação das espécies. Conservação e uso de germoplasma.

FIT 00083 – TEORIA DA SELEÇÃO

(3 créditos, I semestre, 45h)

Médias, variâncias e covariâncias. Ligação gênica. Métodos estatísticos e delineamentos experimentais para a estimação de parâmetros genéticos. Herdabilidade. Correlações fenotípicas e genotípicas. Sistemas de análise para a estimação de adaptabilidade e estabilidade genética. Métodos estatísticos para o cálculo de variabilidade genética.

FIT 00085 – PROGRAMAS DE MELHORAMENTO VEGETAL

(3 créditos, II semestre, 45h)

Fundamentos teóricos e práticos da organização e do funcionamento dos programas de melhoramento genético de diferentes espécies de importância para o Estado do RS. Análise crítica dos objetivos; das técnicas de rotina e dos resultados obtidos em programas de melhoramento públicos e privados. Lei de registro e de proteção de cultivares. Ensaios para determinar valor de cultivo e uso. Sistema de divulgação e marketing.

FIT 00086 – SISTEMAS SUSTENTÁVEIS DE PRODUÇÃO DE GRÃOS                                       

(3 créditos, II semestre, 45h)

Processos fisiológicos determinantes da produtividade de culturas de interesse agrícola, desenvolvimento das plantas, estádios de desenvolvimento e ecofisiologia dos cultivos e sua relação com a construção do potencial produtivo, formação e potencialização dos componentes do rendimento de grãos, principais avanços nas práticas de manejo de plantas de lavoura (arranjo de plantas, época de semeadura, nutrição mineral), metabolismo do nitrogênio, estresses abióticos: impactos sobre o potencial produtivo, processos fisiológicos de tolerância e estratégias de mitigação, exigências edafoclimáticas das culturas, sistemas de rotação e sucessão de culturas e seu impacto sobre a produtividade e sustentabilidade da atividade agrícola, agricultura de precisão.

FIT 00087 – INTRODUÇÃO AO MELHORAMENTO DE PLANTAS                                     

(3 créditos, I semestre, 45h)

Conceitos, objetivos e principais avanços do melhoramento de plantas. Modos de reprodução e a variabilidadegenética. Evolução de plantas cultivadas e conservação de recursos genéticos. Tipos de variedades. Estruturageraldeumprogramademelhoramentodeplantas.Basesgenéticasemétodosdemelhoramentodeespéciesautógamas.Basesgenéticasemétodosdemelhoramentodepopulaçõesdeespéciesalógamas.EndogamiaeHeterose.Variedadeshíbridasevariedadessintéticas.Melhoramentodeespéciesdereproduçãovegetativa. Melhoramentoparaaresistênciadeplantasapragasemoléstias.Abiotecnologiaaplicadaaomelhoramentodeplantas.Testeelançamentodenovos cultivares.

FIT 00088 – AGRICULTURA DE PRECISÃO                                                                                 

(3 créditos, I semestre, 45h)

Introdução à agricultura de precisão, sistemas de posicionamento global por satélites (GNSS) e sistemas de informações geográficas (SIG), fundamentos e aplicações do sensoriamento remoto na agricultura de precisão, geoestatística, variabilidade espacial e temporal e seus impactos sobre o manejo de lavouras, mapas e sensores de produtividade, sensores de planta e solo e suas aplicações na agricultura de precisão, aplicação localizada de insumos em taxa variada, emprego das tecnologias de agricultura de precisão para identificação e controle de plantas daninhas e moléstias, aeronaves remotamente pilotadas (ARPs), impactos econômicos e ambientais do uso das técnicas de agricultura de precisão, agricultura digital, internet das coisas e "Big Data": conceitos e aplicações, robótica na agricultura.

FIT 00089 – PRINCÍPIOS DE GENÉTICA                                                                                       

(4 créditos, I semestre, 60h)

Bases da reprodução. Princípios da herança Mendeliana. Variações cromossômicas em número e estrutura. Ligação genética, crossing-over e mapeamento cromossômico em eucariotos. Bases moleculares da genética, DNA, replicação e estrutura dos cromossomos. Transcrição e processamento do RNA, código genético e tradução. Mutação, reparo do DNA e recombinação. Definições de gene. Análise, identificação e clonagem de genes. Princípios da genômica. Aplicações da genética molecular. Elementos transponíveis. Regulação da expressão gênica. Herança de caracteres complexos. Genética de populações. Genética evolutiva.

FIT 00090 – METABOLISMO PRIMÁRIO E ESTRESSE EM PLANTAS                                      

(3 créditos, I e II semestre, 45h)

Revisão da célula e dos principais processos fisiológicos determinantes da produtividade. A limitação da expressão do potencial de rendimento dos cultivos pela ocorrência de estresses é apresentada. Os principais estresses abióticos que as plantas estão sujeitas são discutidos considerando seus efeitos primários e secundários sobre o metabolismo primário. Os mecanismos genéticos e fisiológicos de percepção e resposta aos estresses são discutidos buscando identificar estratégias para melhor utilização de recursos do ambiente e para maior tolerância aos estresses objetivando obtenção de rendimentos mais estáveis.

FIT 00091 – NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS CULTIVADAS                            

(3 créditos, I semestre, 45h)

Características do sistema radicular e aquisição de elementos minerais pelas espécies. Absorção radicular efoliar de elementos minerais. Assimilação de nutrientes pelas plantas. Transporte e redistribuição de elementos minerais em plantas. Exigênciasnutricionais,funções, interaçõese efeitos na produtividade deplantaem função dos macronutrientes(N,P,K,Ca,MgeS),micronutrientes(B,Cl,Cu, Fe, Mn, Mo, Ni e Zn) e elementos benéficos (Co, Si, Na). Eficiência nutricional de elementos e espécies. Respostas do metabolismovegetal ao desbalançonutricional.Deficiência e toxidezdenutrientes.Avaliaçãodoestadonutricionalde   plantas.

FIT 00200 – CONTROLE DE ÁCAROS DE IMPORTÂNCIA AGRÍCOLA                             

(3 créditos, II semestre, 45h)

Reconhecimento das principais técnicas e preceitos envolvidos no controle de ácaros de importância agrícola. Enfoque no controle legislativos, genético, cultural, mecânico, químico e biológico. Sistema de tomada de decisão para o controle de ácaros. Manejo integrado de pragas.

FIT 00201 – VIROLOGIA VEGETAL                                                                            

(3 créditos, I semestre, 45h)

Histórico da virologia vegetal. Taxonomia, nomenclatura, morfologia, estrutura e replicação viral. Movimento célula a célula e sistêmico. Transmissão interna ou vertical e externa ou horizontal. Viroides. Principais doenças e sintomas causados por vírus e viroides em cultivos de importância econômica. Métodos de detecção de vírus e viroides. Métodos de manejo e controle de doenças causadas por vírus e viroides.

FIT 00202 – DIMENSIONAMENTO DE SISTEMA DE ARMAZENAGEM E APPCC EM UNIDADES ARMAZENADORAS DE GRÃOS

(3 créditos, I e II semestre, 45h)

Estruturas para armazenagem de grãos. Características físicas e químicas dos grãos. Psicrometria. Higroscopia dos grãos. Determinação da capacidade estática e nominal de unidades de armazenamento de grãos. Manejo da aeração de grãos armazenados. Dimensionamento do sistema de movimentação de grãos. Acidentes em UA: Afogamento e Sufocamento em Grãos. Gases Asfixiantes em Unidades Armazenadoras.  Explosões por pó em Unidades armazenadoras de grãos. Quedas e outros acidentes. Poluição ambiental: por material particulado, pela queima de combustíveis fósseis e sonora. Formas de redução de acidentes e de mitigação da poluição em unidades armazenadoras de grãos. Noções sobre APPCC. Legislação relacionada a instalação e operação de unidades Armazenadoras de Grãos.

FIT 00203 - FISIOLOGIA E SANIDADE DE SEMENTES FLORESTAIS

(3 créditos, I e II semestre, 45h)

Embriologia e formação de sementes. Maturação e dispersão de sementes. Conceitos relacionados a sementes e germinação. Germinação e vigor de sementes. Classificação fisiológica das sementes. Armazenamento de sementes. Estabelecimento de plântulas. Transmissão de patógenos por sementes. Análise sanitária para a detecção de patógenos.

FIT 00204 - TECNOLOGIA PÓS-COLHEITA

(2 créditos, II semestre, 30h)

Avaliações e acompanhamentos de procedimentos no manuseio pós-colheita de produtos hortícolas frescos. Práticas de manuseio de produtos hortícolas para redução de perdas por patógenos e fisiopatias decorrentes do manejo inadequado após a colheita.

FIT 00205 - BIOTECNOLOGIA VEGETAL

(3 créditos, II semestre, 45h)

Biotecnologia: definições e aplicações. Introdução à genômica vegetal. Identificação e clonagem de genes. Sequenciamento de DNA e RNA. Transformação genética de plantas. Regulamentação e impacto do uso de plantas transgênicas na agricultura. Mapeamento e seleção assistida por marcadores moleculares.

FIT00206 – SISTEMAS INTEGRADOS DE MANJO DE PLANTAS DANINHAS

(3 créditos, II semestre, 45h)

Principais características das plantas daninhas e implicações para o controle dessas espécies; Classificação, formas de utilização, mecanismos de ação, resistência e toxicologia de herbicidas; Procedimentos e estratégias para o manejo integrado de plantas daninhas (MIPD); Recomendações de manejo de plantas daninhas nas principais culturas e situações agrícolas; Análise crítica das recomendações de manejo; Novos equipamentos e tecnologias de manejo de plantas daninhas; Desafios para maximização do controle integrado de plantas daninhas.

FIT00207 – CULTIVO SEM SOLO DE HORTALIÇAS

(3 créditos, 45h)

Estudo dos fundamentos e princípios básicos dos sistemas de cultivo, das características e propriedades dos substratos, da fertilização, desenho, formulação, monitoramento e manejo de soluções nutritivas, da irrigação e do manejo das plantas em cultivo sem solo.

FIT00208 – ESPÉCIES AROMÁTICAS E MEDICINAIS

(3 créditos, 45h)

As plantas aromáticas e medicinais: identificação botânica. Componentes ativos das espécies e aspectos fitoquímicos. Quimiotipos e sua importância no cultivo.  Órgãos ou partes das plantas utilizadas. Principais espécies nativas e exóticas de uso popular no Brasil. Etnobotânica. Conservação de recursos genéticos de PM. Cultivo de plantas medicinais herbáceas e arbustivas. Colheita, processamento (sistemas de extração de óleos essenciais). Formas de comercialização.

FIT00209 – ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

(2 créditos, 30h)

Elaboração de projetos de pesquisa científica. Linguagem científica. Conceitos relacionados. Como elaborar e apresentar uma revisão bibliográfica. Como justificar um projeto. Em que se basear na elaboração dos objetivos e das hipóteses. O que se espera de um projeto.

Copyright © 2021 Copyright Faculdade de Agronomia - UFRGS Rights Reserved.