Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil convida para defesa de dissertação de mestrado.

Data: 10/julho/2020, sexta-feira, 14h

Local/Meio: via MConf (o link para assistir é fornecido mediante solicitação à Natalia Pinheiro <pinheiros.natalia@gmail.com>). O link com a gravação da defesa pode ser disponibilizada após sua realização.

Orientadores:

Profª. Letícia Fleck Fadel Miguel
Drª. pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Prof. Ruy Carlos Ramos de Menezes
Dr. techn. pela Universitat Innsbruck, Áustria

Banca:

Prof. Acir Mércio Loredo-Souza (UFRGS)
Ph.D. pela University of Western Ontario, Canadá

Prof. Jorge Daniel Riera (UFRGS)
Ph.D. pela Princeton University, EUA

Profa. Valeria Durañona Di Gaeta (UDELAR)
Drª. pela Universidad de la República, Uruguay

Título: Resposta dinâmica de uma torre estaiada para linha de transmissão de energia submetida à ação de ventos combinados do tipo EPS e TS

Resumo

Até o momento, sob a perspectiva das normas de projeto, ações dos ventos em linhas de transmissão são quase exclusivamente avaliadas por modelos de ciclones EPS. No entanto, há evidências de que escoamentos descendentes oriundos de tormentas elétricas (TS) possam ter sido a causa ou ter contribuído para alguns colapsos de torres de linhas de transmissão pelo mundo. Em vista disso, este trabalho propõe-se a avaliar o efeito da ação de um campo de velocidades combinados de ventos EPS e tormentas TS, obtido através de um modelo preliminar, em um sistema de torres estaiadas de linhas de transmissão e comparar os resultados com a resposta do sistema submetido ao carregamento estático equivalente proposto por uma norma internacionalmente utilizada (IEC 60826-2003), cujo modelo de vento pressupõe um evento do tipo sinótico. Para a obtenção da resposta estrutural dinâmica, utiliza-se a integração direta da equação do movimento através do método explícito das diferenças finitas centrais. A análise da evolução dos deslocamentos e esforços no tempo permitiu confirmar a natureza localizada e transiente do fenômeno das tormentas do tipo TS, que afeta de forma distinta as estruturas conforme a sua localização relativa à localização da tormenta. As análises realizadas indicam que, para as condições simuladas, o método estático equivalente da IEC 60826 resultaria em resposta satisfatória para grande parte dos elementos analisados. Entretanto, tais conclusões preliminares estão condicionadas às premissas propostas neste trabalho, principalmente no que se refere ao tipo de estrutura, à posição relativa da trajetória em relação às estruturas, ao ângulo de incidência, velocidade tangencial da corrente descendente e à razão entre a velocidade tangencial da tormenta e a velocidade média do translado EPS. Com isto, contribui-se com um procedimento preliminar para avaliar o efeito dos ventos do tipo correntes descendentes, carregadas por vento de fundo.

Palavras-chave: linhas de transmissão, torre estaiada, tormentas elétricas, downbursts, correntes descendentes, análise dinâmica